Sisutec registra menos inscritos que em 2014

O Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) registrou 211.897 candidatos inscritos nesta edição de 2015, segundo balanço do Ministério da Educação (MEC). O número é inferior aos 345 mil do ano passado. O Sisutec oferece vagas gratuitas em cursos técnicos, em instituições públicas e privadas de ensino superior e de educação profissional e tecnológica, com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Este ano, são ofertadas 83.641 vagas em 515 municípios de todos os estados e no Distrito Federal. Mais informações.

Sisutec: abertas inscrições para vagas no ensino técnico

Quem quiser concorrer a um vaga no ensino técnico pode se inscrever no Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec), por meio da internet, até sexta-feira (3). Para se candidatar, é preciso ter feito a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 e não ter tirado 0 na redação. Por meio do Sisutec, instituições públicas e privadas de ensino superior e de educação profissional e tecnológica oferecem vagas gratuitas em cursos técnicos para participantes do Enem.

A divulgação dos resultados, em primeira chamada, está prevista para o dia 7 de julho. A segunda chamada deve sair no dia 14 de julho. As aulas dos cursos terão início entre os dias 3 e 31 de agosto de 2015, de acordo com o edital. Terão prioridade no preenchimento das vagas os alunos de escolas públicas e os que estudaram na rede privada, na condição de bolsista integral. Ao fazer a inscrição, o candidato deve escolher, por ordem de preferência, até duas opções de curso. Durante o período, serão divulgadas as notas de corte de cada curso e o candidato poderá mudar as opções para as quais se inscreveu inicialmente.

No momento da inscrição, o estudante também terá que definir se deseja concorrer às vagas da ampla concorrência, àquelas destinadas aos estudantes da rede pública ou bolsistas da rede privada, ou às vagas reservadas a negros, pardos e indígenas. As vagas remanescentes não ocupadas após as chamadas regulares do Sisutec poderão ser preenchidas, mediante inscrição online, por estudantes que concluíram o ensino médio nos últimos três anos, ou seja entre 2012 e 2014, independentemente da data de emissão do certificado. No caso das vagas remanescentes, não é necessário que o candidato tenha feito a prova do Enem. O período de inscrição vai de 20 de julho a 2 de agosto.

Segunda chamada Sisutec

A lista dos selecionados em segunda chamada no Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec)  já está disponível no site do sistema. As matrículas devem ser feitas diretamente nas instituições que oferecem os cursos, de 6 a 8 de agosto. Nesta edição, foram oferecidas 289.341 vagas em cursos técnicos e gratuitos em instituições públicas e particulares e do Sistema S.

As vagas remanescentes serão disponibilizadas online para todos aqueles que fizeram o ensino médio, independentemente de terem feito o Enem. O prazo vai de 11 a 20 deste mês.

O Sisutec foi criado no ano passado, como parte do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). O processo seletivo ocorre duas vezes por ano.

Hoje é o último dia para se inscrever no Sisutec

Termina hoje (25) o prazo de inscrição para o Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec), que oferece cursos técnicos gratuitos. Em Brasília, o Centro Universitário IESB oferece 1560 vagas, entre elas Técnico em Cozinha, Técnico em Informática e Técnico em Computação Gráfica. Para concorrer, o candidato precisa ter concluído o ensino médio e feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano passado, sem tirar zero na redação. As vagas remanescentes serão disponibilizadas online para todos aqueles que fizeram o ensino médio, independentemente de terem feito o Enem.

O Sisutec foi criado no ano passado, como parte do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). O processo seletivo do Ministério da Educação ocorre duas vezes por ano. Nesta edição, serão ofertadas 289.341 vagas em todo o Brasil. Segundo o último balanço do Ministério da Educação (MEC), até as 19h de ontem (24), 276,2 mil pessoas estavam inscritas. Como cada candidato pode optar por até dois cursos, o sistema registrou 528,7 mil inscrições.

MEC abre inscrições para cursos técnicos pelo Sisutec nesta segunda

O Ministério da Educação abre nesta segunda-feira (21) as inscrições para a Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) 2014, pelo site http://www.sisutec.mec.gov.br. O prazo termina às 23h59 do dia 25 de julho. O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 29 de julho e o da segunda chamada em 5 de agosto. O início das aulas ocorre entre os dias 18 de agosto e 15 de setembro. Em Brasília, o Centro Universitário IESB oferece 1560 vagas, entre elas Técnico em Cozinha, Técnico em Informática e Técnico em Computação Gráfica.

Sisutec abre inscrições na próxima segunda-feira (17)

A Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, do Ministério da Educação (MEC), publicou no Diário Oficial da União desta quinta-feira (13), o cronograma e demais procedimentos do processo seletivo para ocupação de vagas em cursos técnicos ofertados pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec).

Os cursos são gratuitos e as aulas terão início nos dias 14 de abril e 12 de maio de 2014. As inscrições deverão ser feitas no site do MEC até o dia 21 de março.

As vagas para os cursos serão ocupadas, prioritariamente, por estudantes que tenham cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em instituições privadas, na condição de bolsista integral.

O aluno também deverá ter se submetido à edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) referente ao ano de 2013, e que cumulativamente tenham obtido nota acima de zero na prova de redação.

A divulgação dos resultados, em primeira chamada, está prevista para o dia 25 de março, e a segunda chamada para o dia 1º de abril.

Os candidatos poderão obter mais informações a respeito das regras e procedimentos previstos neste Edital por meio da Central de Atendimento do MEC, do telefone 0800 616161 ou do correio eletrônico sisutec@mec.gov.br.

O programa

O Sisutec foi criado em 2013 e o processo seletivo do segundo semestre de 2013 abriu 239.792 vagas gratuitas em cursos técnicos para quem já havia concluído o ensino médio. O sistema ofereceu 117 cursos em diversas áreas, com duração de 800 a 1,2 mil horas, em 586 instituições, dentre estabelecimentos de educação superior e escolas técnicas particulares; institutos federais de educação, ciência e tecnologia; escolas técnicas vinculadas a universidades federais; escolas estaduais e municipais e entidades do Sistema S. Participam do Sisutec instituições com indicadores positivos no Ministério da Educação.

O Sisutec é uma das vias de acesso ao Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que foi criado pelo governo federal em 2011 com o objetivo de ampliar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica. Informações do Ministério da Educação.

Sisutec: estudantes aprovam programa que oferece bolsas gratuitas em cursos técnicos

Lançado em agosto de 2013, o Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) está mudando a vida de muitos brasileiros. Gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC), com o apoio de instituições públicas e privadas de ensino superior, o programa oferece vagas gratuitas em cursos técnicos para candidatos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), tornando-se um importante caminho para a educação profissional no país.

O programa está na sua primeira turma, mas a ideia é que o processo seletivo seja feito duas vezes por ano e sempre no inicio de cada semestre. A inscrição é gratuita e ocorre em uma única etapa, exclusivamente por meio da internet. Para participar é simples: as instituições de ensino ofertam vagas para este sistema e ao final do período de inscrição selecionam os candidatos com melhores notas no Enem e dentro da média de corte para o curso selecionado. Foi assim que José Flávio Souto, de 44 anos, conquistou a vaga no curso de Logística, no Centro Universitário IESB, em Brasília. “Trabalho na área há cinco anos, mas não tinha um diploma. Fiz o Enem para tentar uma vaga em uma faculdade, mas não consegui entrar. Foi então que fiquei sabendo do Sisutec, no ano passado. Fiz minha inscrição para o curso técnico de Logística, fui chamado e agora estou me candidatando para um melhor posicionamento no mercado de trabalho”, destaca o estudante.

DSC00010 (480x640)

José Flávio Souto/ Foto Blog Edson Machado

E quando as vagas pelas notas do Enem não são preenchidas, há ainda a chance para quem não fez o exame ingressar no programa por meio das vagas remanescentes. Este foi o caso de Rosana Souza, 50 anos. A aluna, que sempre trabalhou com buffet de festas, aproveitou a oportunidade para ampliar o conhecimento na área de gastronomia, ocupando uma cadeira no curso Técnico em Panificação. “Agora o próximo passo é montar meu próprio negócio. Quero abrir uma boutique de pães e colocar em prática tudo que aprendi na sala de aula”, disse a estudante. Quanto à grade curricular, Rosana destaca as aulas práticas e as de empreendedorismo, ministradas logo no primeiro módulo do curso. “São matérias importantes que me dão confiança para trabalhar e me ensinam a ter uma visão empreendedora. Quando acabar o curso, pretendo abrir minha empresa e empregar outras pessoas”, afirma Rosana.

 

DSC00001-002 (584x640)

Rosana Souza/ foto Blog Edson Machado

Trabalhar com o que gosta também é o sonho de Bernardo Ferreira, 28 anos. Apenas dois meses de cursos foram suficientes para que ele conseguisse um emprego na área de gastronomia. “Como não tinha experiência neste segmento, o curso técnico foi fundamental para conquistar meu primeiro salário”, conta Bernardo, que pretende continuar os estudos. “Quando terminar este curso quero começar outro. Meu objetivo é agarrar estas oportunidades ao máximo para garantir meu sucesso profissional e melhorar minha carreira”, disse animado.

A primeira edição do Sisutec, que aconteceu no segundo semestre de 2013, ofereceu em todo o Brasil 239.792 vagas gratuitas em cursos técnicos. Em Brasília, o Centro Universitário IESB foi responsável por mais de 50% das vagas em todo o Distrito Federal. Foram mais de 4.400 vagas, distribuídas em cursos como Técnico em Cozinha, Técnico em Automação, Técnico em Sistemas de Energia Renovável, Técnico em Programação de Jogos Digitais, Técnico em Produção de Moda, Técnico em Design de Calçados e outros. “O IESB oferece cursos com qualidade e que têm uma grande demanda. Nossa preocupação é que os alunos já saiam daqui empregados”, destaca o professor Murilo Pereira, coordenador dos cursos técnicos do Centro Universitário IESB.

 

A próxima edição do Sisutec acontece em março. Mais informações sobre o programa no site: http://sisutec.mec.gov.br

Sisutec: Instituições têm até 7 de fevereiro para apresentar propostas de cursos gratuitos

O Ministério da Educação já abriu o processo de seleção de instituições para oferta de vagas em cursos técnicos gratuitos subsequentes ao ensino médio. As instituições interessadas em oferecer vagas devem apresentar propostas ao MEC pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec), até 7 de fevereiro.

Devem ser oferecidos 181 cursos técnicos de indústria, tecnologia da informação e comunicação, agropecuária, saúde, hospitalidade e lazer e infraestrutura, no âmbito do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). São áreas com aumento de demanda por técnicos de nível médio no país. As aulas começam ainda neste primeiro semestre.

As vagas, gratuitas, podem ser oferecidas por:

• Instituições de educação profissional das redes públicas federal, estaduais, do Distrito Federal e municipais.

• Instituições particulares de educação superior e escolas técnicas de nível médio.

• Fundações públicas que atuem na área da educação profissional e os serviços nacionais de aprendizagem do Sistema S (Senai, Senac, Senar e Senat) que aderirem ao Pronatec.

A formalização das propostas deve ser feita pelo Sistema Nacional de Informação da Educação Profissional e Tecnológica (Sistec). O MEC divulgará as instituições selecionadas e os cursos oferecidos no dia 13 de março. Mais informações no site do Ministério da Educação.

%d blogueiros gostam disto: