Enem 2018 tem 5,5 milhões de inscritos confirmados

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) teve 5.513.662 inscritos confirmados, de acordo com balanço divulgado hoje (29) pelo Ministério da Educação (MEC). No ano passado, foram 6.731.203 inscritos confirmados. Neste ano, 6.774.891 fizeram a inscrição, mas 18,7% não pagaram a taxa de inscrição e não foram confirmados no exame.

O ministro da Educação, Rossieli Soares da Silva, acredita que a queda no número de inscritos se deve às medidas adotadas pelo MEC para reduzir o número de faltantes. “O processo que desejamos é que cada vez mais as pessoas que se inscrevem participem efetivamente do exame”. De acordo com a pasta, nos últimos 5 anos, a média de abstenções no Enem foi 29%, gerando um prejuízo de R$ 962 milhões. “Temos que cada vez mais combater o desperdício do dinheiro público”, ressaltou. No ano passado, apesar de 6,7 milhões terem tido a inscrição confirmada, 4,7 milhões compareceram. Mesmo que o candidato pague para fazer o exame, há prejuízos caso ele não compareça no dia da aplicação. Segundo o ministro, o valor cobrado pela inscrição é insuficiente para arcar com todos os custos do exame.

Uma das medidas tomadas este ano foi a inscrição prévia de candidatos que desejavam solicitar a isenção no exame. Para a edição de 2018, 3.521.181 pessoas foram beneficiadas com a gratuidade por se enquadrarem em um dos quatro perfis que davam direito à isenção. O número foi atualizado em relação aos 3,36 milhões divulgados anteriormente porque muitos estudantes concluintes do ensino médio de escolas públicas, que pelas regras são isentos de pagar a taxa de R$ 82, não fizeram o pedido no período estabelecido pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Eles foram incluídos posteriormente. O estudante que recebeu a isenção no ano passado, não fez a prova e também não justificou a ausência, perdeu o direito a gratuidade este ano.

As provas do Enem serão aplicadas em dois domingos, nos dias 4 e 11 de novembro. Os resultados serão divulgados em janeiro. As notas do Enem podem ser usadas para concorrer a vagas no ensino superio público pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a bolsas em instituições particulares de ensino superior pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e a financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Anúncios

Maratona Enem oferece aulas gratuitas para alunos da rede pública do DF

O Colégio Galois (601 Sul) sediará a Maratona ENEM. O projeto visa ajudar alunos da rede pública a melhorar a nota no Exame Nacional do Ensino Médio e, consequentemente, aumentar a chance de ingressar na Universidade de Brasília (UnB). A partir do dia 02/09, todos os sábados, das 13h30 às 18h15, professores dos principais cursos preparatórios da rede particular do DF ministrarão aulas referentes às Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias e Redação, Matemáticas e suas Tecnologias. Tudo gratuito. Para participar é necessário que o interessado tenha concluído ou esteja na 3ª série do Ensino Médio da Rede Pública e tenha realizado sua inscrição no ENEM. Ao todo, serão disponibilizadas 100 vagas.  Mais informações pelo www.facebook.com/maratonaenemdf e pelo instagram @maratonaenemdf.

%d blogueiros gostam disto: