UnB muda data das provas do vestibular de 2017

A Universidade de Brasília (UnB) retificou as datas dos vestibulares da instituição. As inscrições para a prova estão abertas e o estudante interessado deve redobrar a atenção aos prazos. Com as mudanças, o período de inscrição termina nesta quarta-feira (17), e pode ser feita no site. Há três sistemas de acesso na Universidade: Universal, de Cotas para Negros e de Cotas para Escolas Públicas. As datas das provas de conhecimento e de redação em língua portuguesa também mudaram, e acontecerão em 10 e 11 de junho. A seleção oferece 2,1 mil vagas em 98 cursos. Os cursos estão distribuídos entre os campi Darcy Ribeiro, na Asa Norte, em Ceilândia, no Gama e Planaltina. A taxa para a inscrição é de R$ 150. Não será preciso comprovar a escolaridade com o certificado de conclusão do ensino médio ou equivalente no momento da inscrição. No Distrito Federal, o vestibular será realizado nas cidades de Brasília, Brazlândia, Ceilândia, Gama, Planaltina, Sobradinho e Taguatinga. Em Minas Gerais, no município de Uberlândia e, em Goiás, em Formosa, Goiânia e Valparaíso.

Enem já recebe quase 3,5 milhões de inscrições

Em uma semana, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) recebeu 3.417.104 inscrições, segundo balanço divulgado na manhã de hoje (15) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A expectativa é que mais 3,5 milhões se inscrevam até o fim do prazo, às 23h59, no horário de Brasília, de sexta-feira (19). As inscrições foram abertas na última segunda-feira (8). Os interessados em participar do exame podem se inscrever pela internet, no site do Enem. As provas serão aplicadas em dois domingos consecutivos, nos dias 5 e 12 de novembro. Para concluir a inscrição, o candidato deve pagar a taxa de R$ 82. O prazo vai até o dia 24 deste mês.

Pelas regras do edital, estão isentos da taxa os estudantes de escolas públicas que concluirão o ensino médio este ano, os participantes de baixa renda que integram o Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e os que se enquadram na Lei 12.799/2013 que, entre outros critérios, isenta de pagamento aqueles com renda igual ou inferior a um salário mínimo e meio, ou seja, R$ 1.405,50. O resultado das provas poderá ser usado em processos seletivos para vagas no ensino público superior, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Caso haja problema na hora da inscrição, os candidatos podem ligar para o Inep pelo telefone 0800 616161. O atendimento é das 8h às 20h, no horário de Brasília.

II Seminário Professor, o Transformador da Sociedade

Reitora do Centro Universitário IESB, Eda Coutinho Machado, será uma das palestrantes no II Seminário Professor, o Transformador da Sociedade, que será realizado dia 19 de maio, às 09h30, na LBV, Edifício Parlamundi, na 915 Sul. A educadora, com mestrado e doutorado em Currículo e Ensino pela The Pennsylvania State University (EUA) e membro do Conselho Consultivo dessa mesma universidade americana, discorrerá sobre o tema a “Evolução Educacional: do professor que penaliza ao que ama”. À frente do IESB há 19 anos, Eda Coutinho é ex-professora da UnB e da Unicamp, foi coordenadora de Programas para introduzir inovação no ensino das Universidades Públicas e do PAIUB – Programa de Avaliação Institucional das Universidades Brasileiras, e tem pós-doutorado no Instituto Max-Planck de Berlim, Alemanha.  O seminário é aberto ao público, e as inscrições, no valor de R$150,00, podem ser feitas pelo site www.seminarioprofessor.eventbrite.com.br.

Projeto do Exército Brasileiro leva estudantes à Amazônia

 

Entre os dias 15 e 19 de maio, alunos do Centro Universitário IESB conhecerão na prática o trabalho desenvolvido pelo Exército Brasileiro na Amazônia, maior reserva de biodiversidade do planeta. O convite para participar do projeto Viagem de Formadores de Opinião à Amazônia, que desde 2007 aproxima os universitários da instituição militar, foi feito pelo Centro de Comunicação Social do Exército Brasileiro (CCOMSEx).  Amanda Moreira Lima e Matheus Albanês (Publicidade e Propaganda); Isadora Rodrigues, Raila Alves dos Santos e Pedro Henrique Costa (Jornalismo), e Gabriela Soares de Oliveira (Fotografia) foram escolhidos por se destacarem na rotina acadêmica. A proposta do projeto é aproveitar o conhecimento em sala de aula para a produção de conteúdos em diferentes linguagens como filmes, fotografias e reportagens para divulgar a cultura, a riqueza do país nessa região, bem como a importância da floresta para a estabilidade ambiental do planeta.

Os estudantes produzirão um documentário e uma reportagem também com a supervisão do professor de Jornalismo e Publicidade e Propaganda Edson Souza, e do coordenador dos cursos de Cinema e Mídias Digitais e Fotografia, Paulo Moraes, que acompanham os estudantes na viagem. “Esta é uma importante oportunidade para os alunos vivenciarem a carreira que escolheram. Eles aqui estão colocando a “mão na massa” como profissionais, produzindo conteúdos, fazendo entrevistas como se já atuassem no mercado, que é o futuro deles”, ressalta Moraes.

Na programação, palestras com autoridades militares, apresentações das ações humanitárias desenvolvidas pelo Exército em regiões afastadas das cidades, atividades culturais, instruções para a sobrevivência na selva – como obtenção de fogo, água, alimentos e construção de abrigos -, além de visitas às comunidades indígenas e organizações que trabalham para o desenvolvimento e segurança da região. O projeto conta com ajuda da Força Aérea Brasileira (FAB), responsável por levar os estudantes aos locais visitados durante a excursão.“É a segunda vez que participo desse projeto. É uma experiência muito enriquecedora e singular para os estudantes”, afirma o prof. Edson Souza.

IESB promove I Jornada pela Valorização da Primeira Infância

A construção de uma sociedade melhor, com cidadão responsável, está relacionada a investimentos voltados para os primeiros anos de vida das crianças, incluindo a gestação. É nesta fase inicial do crescimento, quando a criança já começa a construir sua base física, intelectual e psicossocial, que o acompanhamento familiar e social se torna cada vez mais necessário para a formação de um jovem responsável pelo seu autocuidado e um adulto capaz de enfrentar os desafios do mundo complexo em que vivemos.

Para despertar essa consciência, o Projeto Integrado Multidisciplinar Primeira Infância (Pimpin) do Centro Universitário IESB promove nesta sexta-feira, 19/05, das 8h às 18h, a I Jornada pela Valorização da Primeira Infância. O evento é gratuito, aberto ao público e será realizado no auditório I do IESB Oeste, em Ceilândia. “A primeira infância é onde tudo começa. O governo tem que fazer a sua parte, mas a sociedade também deve contribuir cobrando o fortalecimento de ações capazes de melhorar a vida dessas crianças em busca da prevenção de problemas sociais”, afirma Liliane Fernandes, professora do curso de Serviço Social do IESB e responsável pelo projeto.

Durante todo ano, o Pimpin oferece gratuitamente a todos da comunidade, oficinas, palestras, reuniões temáticas e orientações sobre temas importantes, como gravidez na adolescência, depressão, nutrição, direitos sociais, acompanhamento psicológico, e muito mais, através de rodas de conversas,  atendimentos individuais e visitas domiciliares. No evento, serão debatidos temas como A arte como instrumento transversal na construção de vínculos na primeira infânciaPolíticas públicas para gestantes vulneráveis de BrasíliaA importância da doula para humanização do parto e saúde das mulheresO programa Criança Candanga no GDFA interface entre arte e saúdeA experiência da música na primeira infância – O projeto Música nas Incubadoras e Políticas públicas e a epidemia da síndrome de zika congênita: que proteção social? Também haverá a apresentação do relatório CADÊ? Brasil – Crianças e Adolescentes em Dados e Estatísticas – 2016.

Além de docentes do IESB, estarão presentes convidados palestrantes, como Clarice Cardell, da Cia La Casa Incierta; Inês Catão, psiquiatra e psicanalista infantil do Hospital da Criança e do Centro de Orientação Médico Psicopedagógico (COMPP); Perla Ribeiro, subsecretária da Subsecretaria de Promoção de Políticas para Criança e Adolescente do GDF e Heloiza de Almeida Prado Botelho Egas, coordenadora geral de Enfrentamento da Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes, entre outros. “Além de capacitar ainda mais nossos alunos, mostrando na prática o contexto real das políticas públicas e o que pode ser feito para proteger a primeira infância, a proposta da jornada é justamente divulgar nosso trabalho a população e mostrar como ela pode se beneficiar com nossas ações por meio do trabalho realizado por nossos alunos da Clínica de Nutrição, Psicologia e Núcleo de Atendimento a Comunidade do Serviço Social”, explica a professora Liliane Fernandes.

A programação completa pode ser encontrada no facebook do Pimpin www.facebook.com/events/1348468581895394.

Mais informações pelos telefones (61) 996996296/ 984453499/ 991360853

ou e-mail projetopimpin@gmail.com.

Endereço: IESB Oeste QNN 31 Área Especial – Ceilândia.

Enem já tem 2 milhões de inscritos

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) bateu a marca dos 2 milhões de inscritos. Segundo o boletim de inscrições divulgados na manhã de hoje (11) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o exame já conta com 2.193.707 inscritos. As inscrições podem ser feitas pela internet, no site do Enem, até as 23h59 (horário de Brasília) do dia 19 de maio. A expectativa é que cerca de 7 milhões se inscrevam para as provas.

As inscrições começaram na segunda-feira (8). As provas serão aplicadas em dois domingos consecutivos, nos dias 5 e 12 de novembro. Para concluir a inscrição, o candidato deve pagar a taxa do exame que, este ano, é R$ 82. O prazo para que isso seja feito vai até o dia 24 deste mês.

Pelas regras do edital, estão isentos da taxa os estudantes de escolas públicas que concluirão o ensino médio este ano, os participantes de baixa renda que integram o CadÚnico e os que se enquadram na Lei 12.799/2013 que, entre outros critérios, isenta de pagamento aqueles com renda igual ou inferior a um salário mínimo e meio, ou seja, R$ 1.405,50.

O resultado das provas poderá ser usado em processos seletivos para vagas no ensino público superior, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Caso haja algum problema na hora da inscrição, os candidatos podem ligar para o Inep pelo telefone 0800 616161. O atendimento é das 8h às 20h, no horário de Brasília.

Alunos do Galois estão na final nacional da IX Olimpíada de Raciocínio Mind Lab

O Colégio Galois, de Brasília, acaba de comemorar mais uma conquista de seus alunos do Ensino Fundamental. A escola garantiu sua vaga na final nacional da IX Olimpíada de Raciocínio Mind Lab, evento que reúne mais de 110 mil estudantes de todas as regiões do Brasil. Os estudantes Davi Salles Leite, Davi Chaves Barros, João Pedro Lima de Carvalho e Lucas Pimentel Araújo (categoria 4º ao 7º ano) conseguiram avançar até a grande final nacional, que acontece em São Paulo no próximo dia 6 de maio.

O torneio é realizado com jogos de raciocínio de tabuleiro e é composto por fases presenciais e online. Mais do que aprender a competir de maneira saudável, a Olimpíada tem como finalidade promover habilidades que os jogos estimulam os alunos a desenvolverem: saber enfrentar desafios, desenvolver a criatividade, lidar com regras e situações adversas, reagir às emoções, trabalhar em grupo, planejar ações, respeitar o próximo. Essas habilidades compõem o rol das chamadas habilidades socioemocionais, presentes no cotidiano de qualquer pessoa e, cada vez mais, estruturadas para aprendizagem nas escolas brasileiras. Após a fase interna nas escolas, todas as equipes competem entre si na fase classificatória, realizada pela internet, com competidores de todo o Brasil. Para o professor de Mind Lab no colégio Galois, Yaron Segalovitch, em competições como esta, os estudantes ampliam sua rede de conhecimento, entram em contato com pessoas de várias localidades e culturas, compartilhando conhecimento e aprendendo ainda a lidar com suas emoções de forma saudável. “O aluno consegue desenvolver habilidades fundamentais como raciocínio lógico, planejamento estratégico, criatividade e trabalho em equipe. Além disso, o projeto também cultiva discussões importantes que saem do jogo para a vida real, oferecendo ferramentas importantes para o estudante vencer os desafios do dia a dia”, ressaltou o docente.

Na ocasião, estarão presentes cerca de cem competidores de todo o país, divididos em mais de 20 equipes, todos vitoriosos nas etapas regionais. O torneio é dividido em duas categorias: 4º ao 7º ano e 8º ao 9º ano (do Ensino Fundamental). Todos os vencedores da etapa nacional serão premiados, mas os estudantes de 4º ao 7º ano ainda terão a oportunidade de representar o Brasil na fase internacional da Olimpíada, que acontecerá na Ilha de Creta (Grécia) no dia 11 de junho, juntamente com alunos de outros sete países.

 

Simulado e dicas para o vestibular da UnB

As inscrições para o Vestibular da Universidade de Brasília para o segundo semestre de 2017 já estão abertas. As provas estão previstas para os dias 3 e 4 de junho. E para deixar você ainda mais preparado, que tal estudar com um simulado do Colégio Galois? É só clicar no link abaixo, baixar a prova e conferir o gabarito aqui no blog Edson Machado.

GALOIS: Simulado UnB Humanas e Redacão

GABARITO

%d blogueiros gostam disto: