Caricaturas sobre a construção de Brasília

Está em cartaz, no Museu Nacional Honestino Guimarães, a exposição Do Riso ao Risco: a construção de Brasília nas caricaturas da imprensa (1957-1960), que apresenta charges críticas às políticas do ex-presidente Juscelino Kubitschek. A mostra, desenvolvida por integrantes dos cursos de Arquivologia e Museologia da UnB, vai até 6 de maio e o horário de visitação é das 9h às 18h30, de terça a domingo. Mais informações: www.museologia.fci.unb.br/doriscoaoriso

Anúncios

Vestibular 2018 Universidade de Brasília

A Universidade de Brasília (UnB) publicou o edital de abertura do vestibular de 2018 para ingresso em cursos presenciais a partir do segundo semestre deste ano. A instituição oferece 2.105 vagas distribuídas entre 98 graduações, diurnas e noturnas, nos campi Darcy Ribeiro, Ceilândia, Gama e Planaltina. As inscrições para o vestibular começam nesta quarta-feira (18) e terminam em 29 de abril. Os candidatos devem acessar a página do Cespe para se inscrever. A taxa é de R$ 150,00, inclusive para treineiros. Na solicitação de inscrição, é necessário optar pelo sistema de concorrência, pela língua estrangeira e selecionar uma pré-opção de campus/curso/turno. Também é necessário enviar, via upload, uma fotografia individual colorida recente, com fundo branco, da cabeça e dos ombros descobertos.

A distribuição das oportunidades é feita entre três sistemas de acesso: Universal, com 922 vagas, de Cotas para Negros, com 112 oportunidades, e de Cotas para Escolas Públicas, com outras 1.071 vagas. Nas Cotas para Escolas Públicas, há, ainda, a reserva de oportunidades para candidatos com deficiência.

O vestibular da UnB também disponibiliza o Sistema Informatizado de Seleção para os Cursos de Graduação da UnB (SISUnB). Nele, o candidato, após a realização e correção das provas, poderá alterar sua pré-opção de campus/curso/turno feita no momento da inscrição, visualizando seu desempenho nas provas e os argumentos mínimos e máximos de cada curso.

CRONOGRAMA – As provas de conhecimentos e de redação serão aplicadas em dois dias: 2 e 3 de junho. Em ambos, a aplicação começa às 13h e os candidatos terão cinco horas para concluir as provas. O vestibular será realizado nas cidades de Brasília (DF), Brazlândia (DF), Ceilândia (DF), Gama (DF), Planaltina (DF), Sobradinho (DF), Taguatinga (DF), Formosa (GO), Goiânia (GO), Valparaíso (GO) e Uberlândia (MG). Mais informações no site do Cespe ou na Central de Atendimento ao Candidato, de segunda a sexta, das 8h às 19h, campus Darcy Ribeiro, sede do Cebraspe, pelo telefone (61) 3448 0100.

Sigma oferece simulado para um dos principais exames educacionais dos EUA

Ingressar em universidades americanas é considerado um sonho para muitos estudantes brasileiros do Ensino Médio e pode se tornar mais simples por meio do Scholastic Aptitude Test (SAT), uma prova semelhante ao Exame nacional do Ensino Médio (Enem), utilizada pelas principais instituições de ensino americanas em seus processos de admissão para graduação.

Com intuito de auxiliar nessa tomada de decisão o Centro Educacional Sigma, em parceria com a empresa Daqui Pra Fora, irá realizar, no dia 7 de abril, um simulado do SAT, na unidade 912 sul, às 8h. A avaliação é gratuita e aberta para alunos do Ensino Médio de todas as escolas de Brasília. As inscrições podem ser feitas pelo site www.daquiprafora.com.br/satsigma até o dia 6 de abril. Realizado em inglês, o simulado terá duração de 1 hora e 45 minutos e será dividido em três áreas: Interpretação de texto (35 minutos), Gramática (20 minutos) e Matemática (45 minutos). O exame deve avaliar os conhecimentos e habilidades de raciocínio crítico do aluno.

Junto com o histórico escolar e currículo acadêmico, o SAT é um dos critérios utilizados pelos avaliadores das universidades americanas e canadenses, que aceitam a prova como forma de ingresso. O exame é aplicado sete vezes ao ano (Janeiro, Março, Maio, Junho, Outubro, Novembro e Dezembro). No Brasil, a avaliação é realizada pela Embaixada Americana ou pelas Escolas Americanas do país.

O processo para ingressar nas universidades americanas começa cedo. Além das notas obtidas nas provas do SAT e nos testes de proficiência em inglês, como TOEIC e TOEFL, os avaliadores das universidades americanas também analisam todo o histórico escolar e currículo acadêmico dos alunos, onde constam todas as atividades extracurriculares e trabalhos voluntários que realizaram. As instituições requerem que os estudantes também enviem cartas de recomendação – com tradução oficial realizada pelo consulado – e redações sobre temas específicos.

Conferência “Ecos do Atlântico Sul: sobre o futuro das relações transatlânticas do Sul” em Salvador

Para tratar do futuro das relações transatlânticas do Sul, sobretudo em relação ao papel da Europa no passado, presente e futuro, o Goethe-Institut organiza a conferência “Ecos do Atlântico Sul – Sobre o futuro das relações transatlânticas do Sul”, que acontece de 23 a 25 de abril de 2018, em Salvador, Bahia, cidade de grande relevância histórica nesse contexto. O evento contará com performances, uma exposição com a presença de artistas nacionais e internacionais e uma série de palestras.

Qual a importância do Triângulo Transatlântico no século 21? Que tipo de posição a Europa vai assumir frente à África e à América do Sul depois de ter feito o papel de hegemonia colonial – em diferentes nuances – durante os últimos 500 anos? Essas e outras questões serão tratadas na conferência, buscando uma abordagem interdisciplinar, multiespacial e multitemporal e reunindo mais de 60 artistas, curadores, cientistas e pensadores da América, da Europa e da África. A conferência será aberta com a antropóloga brasileira e professora visitante da Universidade de Princeton Lilia Schwarcz. “Ecos do Atlântico Sul” vai contar ainda com uma exposição reunindo nomes importantes como o artista sonoro nigeriano Emeka Ogboh (que já participou da documenta14 e Bienal de Veneza), a arquiteta angolana Filomena do Espírito Santo e os brasileiros Ayrson Heráclito e Camila Sposati.

A conferência é organizada pelo Goethe-Institut e pela Universidade Federal da Bahia e conta com a parceria do Itaú Cultural, do Instituto Merian América Latina e do Ministério da Educação do Uruguai e o apoio institucional da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura). A programação é gratuita e parcialmente aberta ao público. Confira: www.goethe.de/brasil/ecos

 

Como educar e proteger os filhos no mundo virtual?

As novas tecnologias trouxeram grandes benefícios para todos, porém, possibilitaram o surgimento de novos tipos de agressões, como o cyberbullying. Segundo a pesquisa realizada pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), de outubro de 2017, cerca de 5,6 milhões crianças e adolescentes, entre 9 e 17 anos, já foram tratados de forma ofensiva na internet. Diante dessa realidade a pedagoga e mestre em Educação na área de Psicologia Educacional, Thais Bozza, irá participar do programa Sigma+Diálogos, no Centro Educacional Sigma, unidade 606 norte, no dia 12 de abril, às 08h, com a palestra “Como educar e proteger nossos filhos no mundo virtual?”. No evento, a palestrante apresentará uma reflexão sobre o uso consciente da internet e abordará temas como o controle das redes sociais e como agir quando os filhos estão envolvidos em algum conflito on-line.

Jornalista Elvira Lobato lança o livro Antenas da Floresta: a saga das TVs da Amazônia

Nesta quinta-feira, 5/4, à 19h30, no campus Sul do Centro Universitário IESB, será realizada noite de autógrafos do livro Antenas da Floresta: a saga das TVs da Amazônia, da jornalista Elvira Lobato. A obra é uma grande reportagem sobre expedições que a autora realizou, entre 2015 e 2016, a dezenas de pequenas cidades do Maranhão, Mato Grosso, Tocantins, Pará, Acre e Amazonas – localidades que fazem parte da chamada Amazônia Legal. “Os protagonistas desta história são os repórteres, apresentadores e cinegrafistas que, diariamente, abastecem seu público com notícias de um Brasil que não aparece nas telas das grandes redes”, ressalta Elvira.

E por que a autora escolheu esses locais especificamente? Porque os municípios que compõem a Amazônia Legal são regidos por uma legislação especial, desde 1978, que permite às retransmissoras situadas em “regiões de fronteira de desenvolvimento” a criarem conteúdo próprio e transmiti-lo ao público local. Uma lei que ganhou ainda mais importância, quando o então ministro das Comunicações do governo Sarney, Antônio Carlos Magalhães assinou uma portaria permitindo até três horas e meia por dia de programação própria. Ou seja, enquanto para o resto do país, as retransmissoras apenas captam a programação das geradoras e a retransmitem, sem nenhuma interferência no conteúdo; ter uma retransmissora na área da Amazônia Legal equivale a ter uma emissora de televisão: com logomarca, estúdio, apresentadores, repórteres e dinheiro entrando no caixa com a venda de anúncios. Esse é o caso de 1.737 canais espalhados por 742 municípios.

Graduada em Jornalismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Elvira Lobato fez parte do núcleo de repórteres especiais da Folha de São Paulo de 1992 até 2011. Durante quase 40 anos de carreira, conquistou alguns dos principais prêmios de jornalismo no Brasil, entre eles o Prêmio Esso, que lhe foi concedido por uma reportagem de 2007 sobre o crescimento do patrimônio da Igreja Universal. Na ocasião, a autora também participará de um bate-papo com os alunos do curso de Jornalismo sobre técnicas de apuração de reportagens investigativas. O evento será no Auditório D e é gratuito e aberto ao público.

UnB celebra direitos humanos

UnB Mais Humana é a campanha que orienta políticas e ações da instituição em 2018. Pautada pelos princípios de mais respeito, mais solidariedade, mais equidade, mais compromisso e mais cidadania, a Universidade celebra os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos. Com este tema, busca-se também novos rumos para autonomia e defesa da universidade pública. O marco inicial das discussões será no dia 7 de março, com a palestra da atriz Elisa Lucinda no #InspiraUnB, evento de recepção aos calouros. Na sequência, 8 de março, haverá o lançamento do Conselho de Direitos Humanos da UnB (CDHUnB) e palestra da professora Lourdes Bandeira sobre violência contra a mulher.

Mais informações: www.noticias.unb.br / www.boasvindas.unb.br

Resultado do Enem 2017 será dia 19 de janeiro

Fique atento. O resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2017 será divulgado no dia 19 de janeiro de 2018. Os participantes que fazem o Enem como forma de autoavaliação, comumente chamados de treineiros, recebem os resultados dois meses depois dos participantes regulares. No primeiro semestre de 2018 o Inep também divulga o espelho de correção das redações. Todos os resultados serão divulgados no Portal do Inep (enem.inep.gov.br) e no Aplicativo do Enem. A nota do ENEM pode ser utilizada no Sisu – Sistema de Seleção Unificada.

%d blogueiros gostam disto: