Alunos do IESB criam projetos para revitalizar áreas de Ceilândia

Graduandos dos cursos de Engenharia Civil e Arquitetura do Centro Universitário IESB foram convidados a desenvolver projetos de urbanização Parceria Pública Privada com o objetivo de melhorar as condições urbanas e dos equipamentos comuns à comunidade na cidade de Ceilândia. São doze áreas que contemplam construção e revitalização de praças, construção de campos de futebol society, coberturas de quadras poliesportivas, além de reformas em prédios públicos, que beneficiarão a população. As propostas incluem as reformas da Junta Militar, da Biblioteca e do prédio da Administração Regional da cidade, a cobertura da Quadra do 10º Batalhão da PM (no Setor Industrial QESP áreas 7, 8 e 9) e revitalizações de praças e quadras localizadas nas EQNN 22/24, QNN 20S, QNQ 03N, EQNM 07/09, QNQ 01, QNP 15N, EQNM 06/08, EQNM 07/09, QNR 03N, QNO 17 (expansão Setor “O”), EQNN 23/25 N e da QNP 15.

Cerca de 100 alunos, divididos em 18 grupos, participam do projeto. Todos realizaram visitas técnicas nas áreas contempladas, ouviram as reivindicações da comunidade e receberam orientação técnica de funcionários da administração. Para a cobertura da Quadra Esportiva do 10º Batalhão da Polícia Militar, por exemplo, estão previstas estruturas metálicas, banheiros com vestiário, arquibancada e revitalização da quadra, além de facilitar a acessibilidade e bem estar dos que dela fazem uso. “É fundamental para comunidade, que usufrui livremente do espaço para a prática de várias modalidades esportivas oferecidas pelos projetos sociais da PM”, explica Izabella Teixeira, uma das responsáveis pelo projeto ao lado dos colegas Walter Sidney, Rafael Rodney e Laís Alves.

Já no prédio da Junta Militar os estudantes notaram a necessidades de reparo externo, principalmente das calçadas – inexistentes ou em péssimas condições – nos arredores do muro deteriorado e com estruturas expostas. Além disso, da área de acompanhamento da cerimônia de juramento da bandeira sem cobertura, com cercas destruídas, sem condições de segurança; o pátio desnivelado favorecendo o empoçamento de água, são completamente desfavoráveis aos visitantes. “Nossas sugestões objetivam soluções que, ao serem executadas, proporcionarão o bem-estar dos funcionários e da população que frequenta o local”, afirmou Aline Souza Alves, integrante dos idealizadores da proposta ao lado de João Paulo Sabino, Thalysson Sanches e Victor Phellipe.

Entre as diversas quadras a serem revitalizadas, os estudantes Nyckson Emerich, Ana Ribeiro, Luís Henrique e Maíra Araújo escolheram a da EQNN 22/24, na Ceilândia Sul. Além da organização de alocação de equipamentos de lazer, arquitetura da arborização e ocupação vegetal, os futuros engenheiros se preocuparam também com o tipo de pavimento a ser utilizado, a implantação de calçadas e com a definição da área de circulação de veículos e pedestres.  “Estamos prevendo a instalação de um Ponto de Encontro Comunitário, de equipamentos de ginástica, de um parque infantil, além do plantio de árvores nativas e do melhoramento da iluminação. Sem esquecer a importância de zelar pela acessibilidade. Tudo isso, possibilitará que a população possa desfrutar de um espaço que, hoje, está praticamente abandonado”, ressaltou Nyckson Emerich.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: