Engenharia da Computação está entre as profissões com mais chances de emprego

 

A busca por inovação e a competitividade entre as empresas, especialmente em época de crise, aumenta a demanda por profissionais que lidam com tecnologia e informática. Neste cenário, uma das profissões que se destaca é a Engenharia da Computação, onde o ritmo com que novas ferramentas e necessidades surgem ainda não é tão rápido quanto o de profissionais que se formam no mercado. Graduados neste curso têm maior chance de oportunidades de trabalho e futuro promissor.

Em Brasília, no laboratório do Centro Universitário IESB, estudantes de Engenharia da Computação desenvolveram projetos voltados para o mercado high-tech, como redes de sensores aplicados à prevenção de incêndios florestais, automação comercial para separação de resíduos sólidos e até um drone ambulância para auxiliar a prestação de primeiros socorros. “Além da programação do computador, essa engenharia trabalha muito com automação e a demanda por este tipo de serviço, em busca de comodidade, conforto e segurança, aumenta ainda mais a procura por estes profissionais”, afirma Patrícia Moscariello, coordenadora do curso de Engenharia da Computação do IESB.

De acordo com a professora, outro setor com bastante demanda é o de automação residencial. “Criar uma programação capaz de assegurar que em um único comando possa apagar todas as luzes de uma casa, fechar cortinas, desligar pontos de ar condicionado, gerenciar a parte de segurança, câmeras e até fazer um café à distância tudo isso visando praticidade e economia, é função de um engenheiro da computação”, explica Moscariello, que dá dicas importantes para quem pretende ingressar na área. “É muito comum as pessoas confundirem Engenharia de Computação com Ciência da Computação. Enquanto esta última lida com o software, a engenharia trabalha mais com o hardware da máquina, programação do computador. O curso tem duração de cinco anos. Nos primeiros semestres, o aluno aprende muito sobre engenharia e física e depois aprofundamos as partes mais específicas, onde são ministradas aulas de eletrônica, hardware, robótica, automação e sistema de mercado. Para turbinar o currículo e se destacar ainda mais, é importante que o aluno faça cursos paralelos de eletrônica ou na área de dispositivos móveis. Seguir carreira acadêmica com uma pós-graduação na área também é fundamental para manter-se atualizado com as constantes inovações deste campo”, orienta a professora.

Embora o cenário de emprego seja melhor em regiões com maior concentração de indústrias, como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, Patrícia acredita que o crescimento de pequenas empresas de automação no Distrito Federal vai aquecer o mercado por aqui. “O futuro está na automação. Não existe nada melhor do que transformar a casa em um verdadeiro lar high-tech, contando com uma ajudinha de profissionais capacitados para isso”, conclui Patrícia Moscariello.

Anúncios

One Response to Engenharia da Computação está entre as profissões com mais chances de emprego

  1. Ana clara says:

    Realmente essa área vai estar sempre em alta, não só ela como todas da área de tecnologia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: