Estudantes participam de seletivas para Olimpíada Internacional de Astronomia

Até a próxima quarta-feira (8), 91 alunos do ensino médio de escolas das redes pública e particular de dez estados vão participar de provas seletivas que definirão os representantes do Brasil na 11ª Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica (IOAA, do nome em inglês) e na 9ª Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica (OLAA). As seletivas ocorrerão no município fluminense de Barra do Piraí e os dois eventos serão realizados na Tailândia e no Chile, em outubro e novembro deste ano, respectivamente.

A primeira etapa da seleção para o exterior foi online e envolveu mais de 3 mil alunos. O processo ocorreu depois da prova nacional da 19ª edição da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA), em 2016.

Gabriel Dante Cawamura Seppelfelt, de São Paulo, integrou a equipe do Brasil que conquistou medalha inédita de bronze na competição do ano passado na IOAA, na Índia. Gabriel, que completou 18 anos durante a Olimpíada, disse que a experiência foi muito boa, pois teve oportunidade de conhecer pessoas de diversas culturas. Segundo o estudante, as provas foram muito complicadas. “Foi difícil conseguir [a medalha]”. Tendo como matérias preferidas astrofísica, física e matemática, Gabriel sente-se “cada vez mais motivado para estudar”. Ele viaja nos próximos dias para o Japão, onde ficará cinco anos cursando faculdade de matemática.

A estudante Ana Paula Lopes Schuch, do Rio Grande do Sul, também tem boas lembranças da Olimpíada-Latino Americana de Astronomia e Astronáutica, em 2015, no Rio de Janeiro, na qual ganhou medalha de ouro. “Foi muito bacana. Eu não esperava o resultado. O pessoal era muito bom, mas o time do Brasil também estava preparado”. Ana Paula trancou o curso de engenharia de controle da automação para se preparar para a prova do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), no fim deste ano. Para ela, a experiência na OLAA ajudou no desenvolvimento do raciocínio lógico. “Aprendi também a estudar melhor”.

A Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, coordenada por uma comissão integrada por membros da Sociedade Astronômica Brasileira e da Agência Espacial Brasileira, chega este ano à 20ª edição. As inscrições ficam abertas até o dia 19 deste mês. A prova será feita em fase única no dia 19 de maio. A olimpíada é aberta a todos os estudantes dos ensinos fundamental e médio. Escolas públicas ou particulares que ainda não participam da competição podem se cadastrar pelo site www.oba.org.br.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: