Ensino superior garante melhoria na qualidade de vida dos formados

Ter uma graduação acadêmica superior significa melhorar a condição financeira, se sentir integrado socialmente, ser mais respeitado em seu círculo de amizades e no trabalho, aumentar a autoestima, e desenvolver uma visão ampla, real e crítica da sociedade. Isso foi o que demonstrou a pesquisa desenvolvida pela aluna Ana Beatriz Fragallo de Souza, do curso de Serviço Social do Centro Universitário IESB. Seu trabalho de conclusão de curso comprovou, por meio de pesquisa, que houve melhoria na qualidade de vida dos egressos da instituição. “Através do ensino é possível se encontrar enquanto profissional, cidadão, membro de uma instituição e, acima de tudo, membro de uma sociedade civil ativa, que necessita de pessoas que tenham uma autoestima elevada, além do conhecimento para poder estar no mercado de trabalho. Minha pesquisa mostrou que 87% dos alunos acreditam que as melhorias só aconteceram por que eles se formaram”, afirmou Ana Beatriz.

As Instituições de Ensino Superior Privado realmente têm contribuído, e muito, para a formação acadêmica brasileira. Segundo o Mapa do Ensino Superior desenvolvido pelo Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior (Semesp), divulgado em 2015, o número de Instituições de Ensino Superior (IES) no Brasil esteve em constante ascensão nos últimos 13 anos, com um crescimento total de 102,6%, sendo 108,2% nas IES privadas e 71% nas públicas. E apesar de ter havido um decréscimo em 2013, atualmente existem 2.391 instituições: 2.090 particulares e 301 públicas. Em relação ao número de cursos em 2013, foram ofertados, ao todo, 30.936 presenciais (20.586 na rede privada e 10.350 na pública) e 1.261 EAD (755 na rede privada e 506 na pública). O número de matrículas em cursos presenciais das IES públicas e privadas no Brasil também cresceu 129%, sendo que em 2013, o aumento chegou a 3,8%. No ensino a distância (EAD), de 2009 a 2013, o crescimento ficou em 37,5%, refletindo um crescimento de 50% na rede privada. Esses números impactam, diretamente, a educação da população brasileira, que contabiliza 18,5%, dos 49 milhões de trabalhadores empregados com carteira assinada, com nível superior completo.

Como 69,7% dos alunos ingressantes no ensino superior privado são provenientes do ensino médio público, o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) – programa do governo federal destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em cursos superiores não gratuitos, que tenham avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação – é fundamental para garantir o acesso desses alunos à formação superior. Tanto assim, que no período de 2010 até junho de 2015, os contratos assinados pelo FIES somaram R$ 2,1 milhões. Serviço Social, Pedagogia e Gestão de Pessoal/RH são os cursos que apresentam maior percentual de alunos procedentes do ensino médio público, superando 80% do total de inscritos. “O acesso à educação transforma a vida de uma pessoa. Ao ter uma melhor instrução, seja ela qual for, o indivíduo passa a ter mais oportunidades no mercado de trabalho; incrementa suas relações interpessoais, inclusive familiares; eleva seu status social e amplia seus conhecimentos. Por isso, o FIES é tão importante para uma grande parcela da nossa sociedade”, assegura a professora Juliana Medeiros Paiva, coordenadora do curso de Serviço Social do IESB e orientadora da pesquisa de Ana Beatriz.

As inscrições para o processo seletivo do FIES seguem até o dia 10/02. Podem se inscrever os estudantes que possuem renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até três salários mínimos; e que tenham participado de alguma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010 e obtido nota mínima de 450 pontos na média das provas e nota na redação superior a zero.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: