Marravilha! Chefs celebridades visitam o IESB e conversam com estudantes

claude_troisgros

Referência no curso de Gastronomia, o Centro Universitário IESB, em Brasília, reuniu uma turma de chefs famosos, durante o 27° Congresso da Abrasel. Entre eles, Laurent Suaudeau, Claude Troisgros e Bela Gil conversaram com estudantes e compartilharam suas experiências na cozinha. “Toda vez que falo para estudantes tento alertar sobre as dificuldades que vão encontrar nessa profissão, que é muito difícil e árdua. Da forma que ela é vendida hoje, parece ter muito glamour. E não é assim. Tem que ter muita dedicação, esforço e trabalho. Abnegação para querer realmente seguir nessa direção, nesse métier nosso que é ser cozinheiro. Ser cozinheiro ou ser um chef, tanto faz, o importante é fazer bem feito, aconselhou Suaudeau, com a segurança de quem tem mais de 40 anos de experiência na cozinha.

 

Laurent Suaudeau é recebido pela professora Eda Machado, reitora do Centro Universitário IESB.

Nascido em Cholet, na França, Laurent trabalhou com vários chefs franceses estrelados, como Jean Guerin, Michel Guerard  e Paul Bocuse. E foi Bocuse que, reconhecendo o talento de seu jovem aprendiz de apenas 23 anos, o mandou para o Rio de Janeiro chefiar a cozinha do Le Saint-Honoré, no Hotel Méridien. Daí para frente, não parou mais.

Laurent Suaudeau abriu seu próprio restaurante, ganhou fama nacional e fundou a Escola de Artes Culinárias Laurent, em São Paulo, onde oferece conhecimento diferenciado sobre o que existe de mais atual em equipamentos de ponto ou de métodos de trabalho a pessoas que atuam no mercado como chefs de cozinha, gerentes de alimentos e bebidas, donos de restaurantes, hoteleiros e um também a amadores. “Procuro desmistificar esse glamour que a profissão ganhou, pois quando se mergulha a carne no caldo, percebe-se logo que ela não é tão sedutora assim. Para ser um bom cozinheiro é fundamental que se goste de cozinhar e de comer. É necessário ter trabalhado com bons mestres, ter uma formação sólida, habilidade gestual, capacidade de reflexão e identidade cultural. É preciso ter a obrigação de fazer bem feito. Executar com destreza algo que é para agradar o próximo. Isso não é fácil”, afirmou o chef.

foto 2

Já o francês Claude Troisgros falou sobre Os Desafios da Sucessão Familiar, enquanto cozinhava um coelho ao molho de açaí e vinho tinto, com espaguete de palmito pupunha ao molho de damasco e bacon. “O fundamental em uma sucessão familiar é que uma geração tenha respeito pela outra. Os mais velhos tenham respeito pela juventude e os mais novos pela tradição. No meu caso, isso tem sido muito tranquilo, suave e inteligente”, afirmou.

A ligação da família Troisgros com a culinária começou nos anos 30, na França, quando Jean Baptiste, avô de Claude, ganhou destaque por quebrar alguns tabus como, por exemplo, sugerir vinho tinto para acompanhar peixe. Depois dele, os filhos, Pierre (pai de Claude) e Jean inovaram ao criar a chamada Nouvelle Cuisine Française. Claude Troisgros continuou essa dinastia no Brasil. Apesar de morar há 36 anos em solo brasileiro, o sotaque francês ainda é forte, o que acentua ainda mais a simpatia e o carisma – caraterísticas que o tornaram um sucesso como apresentador de televisão.  “Desde que meus filhos nasceram, tenho dito que aos 60 anos eu pararia. E chegarei a essa idade no ano que vem. É claro que agora não vou parar, mas acho que dizer isso pra eles é uma forma de prepará-los pra administrar o que construí para eles, não quero receber nada, só uma boa aposentadoria. Ano que vem, quero dedicar mais tempo a TV”, explicou.

Dono atualmente de sete restaurantes, para o francês, o prazer de ensinar é o mesmo de cozinhar. Por isso, ele sempre tenta conciliar os seus compromissos com os convites de instituições de ensino em todo o país. “Essa é uma profissão nova, que se destacou há 10 ou 15 anos e hoje em dia muita gente sonha em fazer da cozinha um meio de vida. E agora, tento passar as minhas ideias, meu savoir faire para os jovens que querem continuar nessa profissão. Acho que a vida é isso, saber passar os conhecimentos para quem está apaixonado por essa profissão chamada cozinhaconcluiu Troigros.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: