A interminável greve dos professores

Edson Machado

Como que coroando todas as dúvidas, temos a interminável greve dos professores das universidades federais. Os grevistas insistem em dizer que a justificativa da greve não é apenas os baixos(!) salários, mas o estado de abandono em que se encontram as instalações das universidades. Já  comentamos sobre essa greve neste blog, mas a greve continua. Nesse meio tempo, greves surgiram em vários outros setores do serviço público federal, o que veio dar mais força ao movimento dos professores, sobretudo porque estas sim afetam o cotidiano da sociedade.
Diante desse panorama, o que pensar? Parece que temos é que re-pensar!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: